MAMOGRAFIA COM TOMOSSÍNTESE

 

Em janeiro de 2016, a Dr.Campos Costa adquiriu um equipamento de Mamografia com Tomossíntese, por vezes designada por Mamografia Digital 3D.

A tomossíntese, também conhecida como mamografia 3D, foi desenvolvida com a finalidade de atenuar os efeitos da sobreposição do tecido mamário da mamografia convencional 2D. Este efeito apresenta um aumento significativo na taxa de deteção dos sintomas precoces de cancro da mama bem como uma redução de taxas de reconvocação ou necessidade de incidências complementares para despistagem de falsos positivos.

A mamografia 3D aumenta igualmente o conforto da paciente atendendo a que cada mama apenas é sujeita a uma compressão, eliminando o desconforto e dor muitas vezes causados à paciente no ato de compressão elevada da estrutura mamária, necessária para a obtenção de uma boa imagem na mamografia 2D.

Existem preocupações sobre o aumento da dose irradiada à paciente utilizada na tomossíntese que, de fato ocorre. Porém a dose total empregue no exame fica abaixo da dose máxima aceitável e publicada na MQSA (Mammography Quality Standards Act by FDA).

No entanto, este aumento de dose, quando comparado com a mamografia 2D, é compensado com os benefícios no aumento de qualidade de imagem e deteção de estruturas malignas, cruciais para um diagnóstico precoce de cancro da mama.